Milho
DATA: 29/02/2016

Cotação do milho alcança maior média mensal desde 2012

Segundo o Cepea, as demandas interna e externa seguem firmes e os estoques nacionais estão baixos

Os preços do milho no mercado doméstico parecem não encontrar resistência e seguem firmes em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. Na última semana, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (base Campinas-SP) voltou a fechar acima dos R$ 43,00 por saca de 60 quilos. Em termos reais, a média mensal é a maior desde dezembro de 2012 (valores deflacionados pelo IGP-DI base jan/16).

 

Segundo pesquisadores do Cepea, a colheita do milho primeira safra avança no Sul e Sudeste do País, mas chuvas na semana passada dificultaram os trabalhos em algumas regiões, limitando a disponibilidade do grão no spot nacional, que foi bastante “enxugado” pelas exportações. Enquanto isso, as demandas interna e externa seguem firmes e os estoques nacionais estão baixos.

 

Quanto ao milho da segunda safra, o semeio segue intenso e a estimativa é de aumento na área, mas agentes estão receosos quanto ao clima e seus impactos sobre a produtividade. Os valores do milho na BM&FBovespa, inclusive, registraram fortes altas na semana passada.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais