Suco de laranja - laranja - frutas - produção de frutas - farming brasil
DATA: 11/02/2016

Consumo de suco de laranja tem queda de 3,9% no Estados Unidos

Com o recuo, o volume caiu de 42,97 milhões de galões para 41,29 milhões de galões de 3,78 litros

O mais recente relatório da Nielsen sobre o consumo semanal de suco de laranja nos Estados Unidos apontou mais uma queda na demanda pela bebida. A análise das últimas quatro semanas com término em 23 de janeiro apontou uma queda total nas vendas de suco de laranja, da ordem de 3,9%. Com isso, o volume caiu de 42,97 milhões de galões (162,42 milhões de litros) para 41,29 milhões de galões de 3,78 litros (156,07 milhões de litros), incluindo não só o suco refrigerado (NFC e Reconstituído), mas também o suo de laranja congelado.

 

Nesse mesmo período o preço médio do galão de suco também recuou 0,5% e fechou em US$ 6,53 (R$ 6,75 o litro) ante US$ 6,56 (R$ 6,79 o litro) registrado no relatório anterior. Apesar dessa leve queda do preço médio nas gôndolas, a receita com as vendas segue em queda de 4,4%, fechando em US$ 269,74 milhões (R$ 1,06 bilhão).

 

Dentro desse total, o suco reconstituído registrou a maior queda percentual em volume, 8,1%, passando de 15,04 milhões de galões (56,85 milhões de litros) para 13,83 milhões de galões (52,27 milhões de litros). Essa retração fez com que a receita também seguisse ladeira abaixo, com redução de 8,6%, passando de US$ 74,90 milhões para US$ 68,43 milhões. Já o preço recuou meros 0,6% e fechou o período em US$ 4,95 o galão (R$ 5,10 o litro).

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.