DATA: 12/01/2016

Com milho mais caro, o poder de compra do pecuarista caiu 30,3%

Para quem precisa de milho, a recomendação é de compra porque a expectativa é de preços firmes e aumentos são possíveis

No mercado brasileiro, o milho está em alta. Os preços seguem sustentados por causa das exportações aquecidas. O volume embarcado no mês de dezembro de 2015 foi o maior da história. Segundo a Scot Consultoria, na região de Campinas (SP), a saca de 60 quilos está cotada em R$ 39,50 para entrega imediata, sendo que a alta acumulada em janeiro deste ano é de 12,9%.

 

O pecuarista gasta mais

Na comparação com o mesmo período do ano passado, o pecuarista está pagando 49,2% a mais pelo grão. Considerando a praça de São Paulo, atualmente é possível comprar 3,81 sacas de milho com o valor de uma arroba de boi gordo. Na comparação com janeiro do ano passado, o poder de compra do pecuarista caiu 30,3%. É 1,66 saca de milho a menos adquirida com o valor de uma arroba de boi gordo.

 

“Para quem precisa de milho para utilização em curto e médio prazos, a recomendação é de compra. A expectativa é de preços firmes e aumentos não estão descartados. As exportações devem continuar aquecidas nestes primeiros dois meses de 2016”, diz a Scot Consultoria.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.