Colheitadeira. Case IH.

Colheita de soja volta a ficar atrasada em Mato Grosso

A região Nordeste do Estado é a que está com ritmo mais lento, com atraso de 9,5 pontos percentuais na colheita

Até o dia 10 de março, os sojicultores colheram 76,6% da área total cultivada com soja em Mato Grosso. De acordo com o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), a colheita está com um atraso de 3,7 pontos percentuais, em comparação com a safra 2014/2015, quando a colheita atingiu 80,2% da área no mesmo período.

 

A produtividade ponderada é uma média de 51,7 sacas por hectare, levemente inferior à registrada na safra passada, que foi de 52,5 sacas por hectare.

 

A colheita avançou 10,7 pontos percentuais nesta semana, mas na média geral do Estado permanece atrasada em relação à safra passada. A região Nordeste do Estado é a que está com ritmo mais lento, com atraso de 9,5 pontos percentuais na colheita.

 

Regiões com colheita atrasada

(em pontos percentuais)

Médio Norte – 7,6 p.p.

Nordeste – 9,5 p.p.

Oeste – 4,7 p.p.

 

Colheita adiantada

(em pontos percentuais)

Centro-Sul – 1,2 p.p

Noroeste – 6,8 p.p.

Norte – 1,0 p.p

Sudeste – 3,3 p.p

 

Leia mais:

Embarques de soja ganham impulso e crescem 134% em fevereiro

7 dicas para reduzir as perdas durante a colheita da soja

A colheita da soja acelera e produtores se mostram mais otimistas

 

Deixe seu comentário

Leia mais