DATA: 03/12/2015

Clima favorece a produção de café arábica

Na segunda quinzena de novembro, com os preços em alta, melhorou também o ritmo de negociação

O clima vem favorecendo o desenvolvimento das lavouras e animando produtores de café arábica, que têm realizado os tratos culturais necessários. Na segunda quinzena de novembro, com os preços em alta, melhorou também o ritmo de negociação.

 

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a terceira semana do mês, período em que o Indicador do arábica tipo seis bebida dura para melhor, posto em São Paulo, beirou R$ 480 por saca, foi a mais movimentada de novembro.

 

No entanto, o preço médio do mês foi um pouco menor que o de outubro. O Indicador Cepea/Esalq do arábica teve média de R$ 469,39 por saca de 60 quilos, 1,82% inferior à de outubro, mas ainda 1,83% acima da de novembro de 2014, em termos nominais.

 

“Em parte do mês, o clima favorável, sobretudo em Minas Gerais, pressionou os valores do arábica. Em outros momentos, os preços foram impulsionados por dados indicando estoques mundiais menores”, diz o Cepea.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.