DATA: 02/02/2016

Clima ajuda na colheita de soja, mas produção desta safra ainda é reduzida

Por conta da baixa oferta da oleaginosa até o momento, os tradicionais recuos nos preços ainda não ocorreram neste ano

Na última semana de janeiro, o clima colaborou para a colheita de soja, as atividades avançaram 4,5 pontos percentuais em Mato Grosso, o que elevou a colheita para 8,2% e reduziu o atraso em relação à safra anterior, que atualmente é de apenas 2,1 pontos percentuais, de acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

 

“Entretanto, a produção disponível da safra 2015/2016 ainda é reduzida, apenas dois milhões de toneladas até o momento, e por isso, os tradicionais recuos mais acentuados nos preços disponíveis no mercado ainda não ocorreram neste ano”, afirmou o Imea.

 

As previsões da Somar Meteorologia mostram uma redução nos índices de chuvas em praticamente todo o Estado já na primeira semana de fevereiro, confirmando a expectativa dos produtores. A consolidação desta previsão poderá trazer boa oportunidade de avanço no campo.

 

Porém, a possibilidade de ritmo acentuado da colheita, e consequentemente de soja disponível, pode trazer impacto sobre o custo do frete do grão, que poderá iniciar alta de seu custo mais cedo neste ano.

 

O preço da soja em Mato Grosso sofreu queda de 1,98% na última semana de janeiro, além da demanda que permaneceu desaquecida. Essa queda no preço resultou em uma leva alta na participação do custo do frete sobre o grão na última semana.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais