Chineses têm interesse na importação de um milhão de jegues brasileiros

Durante missão no país asiático, a ministra Katia Abreu participou de seminário com empresários do agronegócio

A ministra da Agricultura, Katia Abreu, usou a rede social Twitter para comentar duas propostas que recebeu durante uma missão oficial em Pequim, onde esteve reunida com o ministro da Agricultura da China Han Changfu. Durante a viagem, ela também participou de um seminário com empresários do agronegócio interessados em fechar novos negócios com o Brasil.

 

Por meio de um “tweet”, publicação no Twitter, a ministra comentou a demanda por um milhão de jegues brasileiros. “No seminário dos empresários chamou a atenção um investidor c/ (sic) um interesse que nos pareceu piada mas não era. Quer importar jumentos p/China.” No dia seguinte, a Ministra corrigiu a declaração, veja na imagem abaixo. “Uma empresa chinesa na verdade quer um milhão de jegues e não de jumentos como twitei”, escreveu Kátia Abreu. “Me propuseram fazer inclusive uma cooperação para melhoramento genético de jegues.”

 

tweet katia

 

 

 

 

 

Katia Abreu também comentou o caso de uma empresa farmacêutica que tem interesse em 10 mil toneladas de casca de fruta. “Um outro (sic) demanda 10 mil toneladas de casca de tangerina ano. Para fazer óleos e essências. Uma empresa de fármacos”, escreveu.

 

Entre as decisões tomadas durante a visita da ministra à China, ganha destaque a habilitação de sete novas plantas frigoríficas para a exportação de carnes bovina, suína e de aves para o país asiático.

 

 

Deixe seu comentário

Leia mais