DATA: 03/02/2016

ChemChina quer comprar a Syngenta por US$ 43 bilhões

O Conselho de Administração da Syngenta recomendou, por unanimidade, a oferta aos acionistas

A Syngenta anunciou que a ChemChina fez uma proposta de aquisição da companhia por US$ 43 bilhões. A ChemChina é maior empresa química chinesa, com sede em Pequim e atuação em 150 países. Em comunicado, a multinacional suíça informou que o Conselho de Administração da Syngenta considera que a transação respeita os interesses de todas as partes interessadas e recomendou, por unanimidade, a oferta aos acionistas.

 

A transação precisa ser autorizada pelos órgãos reguladores. Se o negócio seguir adiante, espera-se que a aquisição seja concluída até o fim do ano. O plano é que a sede da Syngenta permaneça na Suíça e mantenha o mesmo nome. A atual gestão da Syngenta continuará no comando da companhia suíça e um Conselho de Administração com dez membros será presidido por Ren Jianxin, o presidente da ChemChina, com a inclusão de quatro dos membros do atual Conselho de Administração da Syngenta.

 

* Com informações do portal Agriculture.com.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.