DATA: 27/10/2015

Calor reduz produção de ovos

Entre os ovos produzidos houve uma forte redução de tamanho e de qualidade

Apesar das chuvas dos últimos dias e das temperaturas um pouco mais amenas, o mercado de ovos continua sentindo os reflexos do forte calor. Pesquisadores do Cepea comentam que, com o aumento da taxa de mortalidade, principalmente de poedeiras de ovos vermelhos, a produção diminuiu. Além disso, entre os ovos produzidos, houve uma forte redução de tamanho e de qualidade, elevando a oferta dos menores.

Já para o tipo extra, a disponibilidade segue relativamente equilibrada, mas, com a típica retração da demanda em segunda quinzena de mês, os preços se enfraqueceram nos últimos dias. Para os próximos dias, pode haver certo aquecimento da demanda, visando ao abastecimento para o início do mês, mas a possível entrada de um volume maior de ovos caipiras poderá manter o mercado pressionado.

 

Com informações do Cepea.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais