BR 163
DATA: 17/08/2017

BR-163: pavimentação deve ser concluída até o fim de 2018

Termo de transferência no valor de R$ 128,5 milhões foi assinado para garantir escoamento de grãos do Centro-Oeste por portos no Pará SF Agro

Foi assinada na quinta-feira (17/08) pelo ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Maurício Quintella, termo de transferência no valor de R$ 128,5 milhões para o Exército pavimentar até o fim do próximo ano 65 km da BR-163 (Cuiabá-Santarém), entre as localidades de Novo Progresso e Igarapé do Lauro, no Pará. A rodovia é importante escoadouro de grãos entre o Centro-Oeste do país até os portos de Miritituba, no município de Itaituba, e de Santarém (PA). O porto de Miritituba fica às margens do rio Tapajós, 300 quilômetros ao sul de Santarém.

 

O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) disse que “finalmente pode testemunhar a assinatura do termo”, que garante finalizar os 955km da rodovia localizados no do Pará. Dos 100 km que faltavam, entre a divisa com o Mato Grosso até Miritituba, 65 km se referem ao termo assinado com o Exército e outros 35km já estavam em obras. “Não faltarão recursos para a execução”, garantiu o ministro dos Transportes, observando que a obra é considerada prioritária no governo.

 

Acesso à hidrovia

Maggi observou que a rodovia 163 é uma promessa de 50 anos, necessária para os estados do Mato Grosso e do Pará, já que os produtores dependem dela para ter acesso à hidrovia, mas, “especialmente importante para a população do sudoeste do estado paraense”.

 

Em fevereiro deste ano, com as chuvas intensas que ocorreram, chegou a se formar uma fila de 2 mil caminhões em atoleiro de trecho em obras. Nos períodos de maior intensidade de escoamento trafegam até 1.500 caminhões pela rodovia. De acordo com comunicado do Mapa, os portos localizados na região norte do país facilitam a exportação para países da Europa, para os Estados Unidos e para a Ásia, pelo Canal do Panamá.

 

Conheça a revista Farming Brasil!

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.

Farming Brasil

A segunda edição da revista Farming Brasil foi lançada com mais de 100 páginas de conteúdo agronômico. Na reportagem de capa, produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas de milho por hectare.

As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda. Para adquirir a revista, entre em contato conosco (a revista custa R$ 14,90 + frete de R$ 6,50. Clique aqui para enviar o seu pedido.

 

 

Revista Successful Farming Brasil

Revista Farming Brasil

A primeira edição aborda os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. A equipe de reportagem ouviu produtores de Norte a Sul do Brasil e coletou os melhores depoimentos que ensinam a ter sucesso na implantação desses sistemas.

Em outra reportagem exclusiva, sojicultores contam os segredos de manejo nas lavouras de soja que garantiram produtividade acima de 100 sacas por hectare. Há também reportagens sobre o manejo de pragas com produtos biológicos, soluções para evitar a compactação de solo, como o uso de drones avança no campo, entre outros temas. Para adquirir a revista (R$ 14,90 + frete de R$ 6,50), clique aqui para enviar o seu pedido.

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.

 

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais