carne bovina. exportação. farming brasil

Botulismo: 4 dicas para evitar a doença nos rebanhos bovinos

A enfermidade ocorre, normalmente, em casos de pastagens deficientes em fósforo ou de suplementação inadequada

No Mato Grosso do Sul, mais de mil cabeças de gado morreram com suspeita de botulismo transmitido pela ração por causa de falhas no armazenamento. O botulismo bovino é uma intoxicação causada pela absorção das toxinas produzidas pela bactéria Clostridium botulinum. Essa doença também é conhecida como doença da vaca caída e geralmente ocorre quando os bovinos são criados em pastagens deficientes em fósforo ou quando recebem suplementação alimentar inadequada.

 

Dessa forma, o animal começa a buscar essa suplementação em lixo, pequenos animais mortos, carcaças, entre outros. Isso faz com que o animal adquira a bactéria presente nesses alimentos inadequados. A Boi Saúde – Pecuária Inteligente, startup do ramo do agronegócio, orienta os produtores rurais sobre como armazenar corretamente a ração e os sais minerais e proteinado com segurança, com objetivo de prevenir não só doenças como o botulismo, mas também prejuízos a partir de mortes do gado.

 

1- Cobertura do galpão

A incidência de raio solar prejudica os micro e macroelementos da nutrição animal, afirma José Carlos Ribeiro, consultor agropecuário há 15 anos. Por isso, é recomendável verificar a cobertura do galpão onde o alimento é armazenado.

 

2- Sacos de ração

Quando for armazenar sacos de ração, o ideal é nunca deixar os produtos diretamente no solo. Independentemente do tipo de piso, é melhor colocar os sacos em um estrado de madeira para evitar a umidade, que sempre altera a matéria seca.

 

3- Combata os roedores

Os roedores são grandes vilões e podem prejudicar o sal mineral e outros nutrientes oferecidos ao seu gado. Por isso, o ideal é controlar esse animais e evitar que eles cheguem até os alimentos do rebanho.

 

4- Condições sanitárias

A melhor maneira de prevenir a doença é mantendo o ambiente em condições sanitárias adequadas. Além disso, fazer uma suplementação alimentar que corrija as deficiências da pastagem, verificação das condições da água e a vacinação de todo o rebanho. Outro ponto importante é o armazenamento correto dos insumos nutricionais oferecidos ao gado.

 

Conheça a revista Farming Brasil!

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.
Farming Brasil

A segunda edição da revista Farming Brasil foi lançada com mais de 100 páginas de conteúdo agronômico. Na reportagem de capa, produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas de milho por hectare.

As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda. Para adquirir a revista, entre em contato conosco (a revista custa R$ 14,90 + frete de R$ 6,50. Clique aqui para enviar o seu pedido).

 

 

Revista Successful Farming Brasil
Revista Farming Brasil

A primeira edição aborda os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. A equipe de reportagem ouviu produtores de Norte a Sul do Brasil e coletou os melhores depoimentos que ensinam a ter sucesso na implantação desses sistemas.

Em outra reportagem exclusiva, sojicultores contam os segredos de manejo nas lavouras de soja que garantiram produtividade acima de 100 sacas por hectare. Há também reportagens sobre o manejo de pragas com produtos biológicos, soluções para evitar a compactação de solo, como o uso de drones avança no campo, entre outros temas. Para adquirir a revista (R$ 14,90 + frete de R$ 6,50), clique aqui para enviar o seu pedido.

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.

Deixe seu comentário

Leia mais