cana-de-acucar - cana - controle de pragas - farming brasil
DATA: 07/09/2017

Bioinseticida que combate o bicudo na cana é desenvolvido em São Paulo

A tecnologia vai garantir o controle do bicudo, uma das principais pragas da cana, e também gerar ganhos de até 20 toneladas por hectare SF Agro

O Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, realiza pesquisa inovadora para o desenvolvimento de uma formulação para o combate do bicudo – uma das principais pragas da cultura da cana-de-açúcar – com o uso de nematoide entomopatogênico (NEP).

 

Com aplicação facilitada no campo, o bioinseticida em desenvolvimento no IB garante o controle biológico da praga e pode gerar ganhos de até 20 toneladas de cana-de-açúcar por hectare. O trabalho está sendo desenvolvido no Centro Experimental do IB, em Campinas, que completa 80 anos em 2017.

 

De acordo com o pesquisador do IB, Luís Garrigós Leite, o trabalho do Instituto mostrou que o controle biológico do bicudo por nematoide pode gerar ganhos de 20 toneladas de cana por hectare. “O bicudo reduz em até 30 toneladas a produção de cana-de-açúcar. A praga é difícil de ser controlada mesmo com o uso de agroquímico. Com a utilização do nematoide, proposto pelo IB, conseguimos minimizar essa perda, o que é uma vantagem para o canavicultor”, explica.

 

Controle do bicudo

O bicudo é considerado uma das principais pragas da cultura da cana em função dos danos e por ocorrer em uma área extensa, atingindo os Estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás e Paraná. O pesquisador explica que os nematoides são pequenos vermes que vivem no solo e se alimentam de insetos que atacam as raízes das plantas.

 

Os NEPs são bastante eficientes para o controle de pragas subterrâneas por se locomoverem no solo em busca do inseto hospedeiro, atuando como um míssil capaz de localizar e atingir o seu alvo. Esse mesmo ambiente é considerado uma barreira para a atuação dos produtos químicos, reduzindo a sua eficiência.

 

Segundo Leite, esse agente é um inimigo natural do bicudo e, por isso, é utilizado para combater a praga. “Isso é chamado de controle biológico, quando a natureza controla a natureza. Os agentes de controle biológico agem em um alvo específico, não deixam resíduos nos alimentos, são seguros para o trabalhador rural, protegem a biodiversidade e preservam os polinizadores”, explica.

 

Centro Experimental

O Centro Experimental do IB é referência brasileira em controle biológico e desenvolve pesquisas para seu uso na cana-de-açúcar, soja, plantas ornamentais, morango, banana e seringueira. Além dos trabalhos de pesquisa, o IB assessora a implantação de biofábricas para a produção desses agentes no Brasil e no exterior. Ao todo, 46 biofábricas são assessoras pelo IB, que geram, aproximadamente, dois mil empregos diretos e indiretos.

 

“O IB tem expertise em controle biológico, uma área que cresce 20%, aproximadamente, por ano. Em julho deste ano, lançamos o Programa de Inovação e Transferência de Tecnologia em Controle Biológico (Probio), que reúne as tecnologias e serviços prestados no IB nesta área. Queremos fortalecer o uso do controle biológico, uma tecnologia eficiente e ambientalmente sustentável”, afirma Antonio Batista Filho, diretor-geral do IB.

 

Conheça a revista Farming Brasil!

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.

Farming Brasil

A segunda edição da revista Farming Brasil foi lançada com mais de 100 páginas de conteúdo agronômico. Na reportagem de capa, produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas de milho por hectare.

As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda. Para adquirir a revista, entre em contato conosco (a revista custa R$ 14,90 + frete de R$ 6,50. Clique aqui para enviar o seu pedido.

 

 

Revista Successful Farming Brasil

Revista Farming Brasil

A primeira edição aborda os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. A equipe de reportagem ouviu produtores de Norte a Sul do Brasil e coletou os melhores depoimentos que ensinam a ter sucesso na implantação desses sistemas.

Em outra reportagem exclusiva, sojicultores contam os segredos de manejo nas lavouras de soja que garantiram produtividade acima de 100 sacas por hectare. Há também reportagens sobre o manejo de pragas com produtos biológicos, soluções para evitar a compactação de solo, como o uso de drones avança no campo, entre outros temas. Para adquirir a revista (R$ 14,90 + frete de R$ 6,50), clique aqui para enviar o seu pedido.

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais