DATA: 22/12/2015

Barraginhas serão construídas nas bacias do São Francisco e rio Doce

A proposta de trabalho será elaborada pelo engenheiro agrônomo da Embrapa Luciano Cordoval de Barros em parceria com o departamento técnico da Emater/MG

Uma parceria entre Embrapa, Emater-MG e Sociedade Mineira de Agricultura irá possibilitar a expansão da tecnologia social das barraginhas em duas importantes bacias hidrográficas mineiras, a do rio São Francisco e a do rio Doce.

 

Uma proposta de trabalho será elaborada por técnicos da Embrapa e da Emater-MG até o final de janeiro de 2016, sendo que a Sociedade Mineira de Agricultura tentará angariar recursos junto ao Governo de Minas e ao Ministério da Integração Nacional para viabilizar a execução do projeto.

 

“Com a transposição do rio São Francisco, existe a necessidade de revitalizar nascentes e as barraginhas podem contribuir nesse processo. Em relação ao rio Doce, com as áreas atingidas pelo desastre ambiental em Mariana em novembro, a tecnologia poderá aumentar a captação da água das chuvas, auxiliando no processo de revitalização de córregos e nascentes”, diz o chefe-geral da Embrapa Milho e Sorgo Antônio Álvaro Corsetti Purcino.

 

A proposta de trabalho será elaborada pelo engenheiro agrônomo da Embrapa Luciano Cordoval de Barros em parceria com o departamento técnico da Emater-MG. A equipe usará ferramentas como o Zoneamento Ambiental Produtivo (ZAP) e geoprocessamento. Após a conclusão da proposta, extensionistas da Emater-MG farão o trabalho de mobilização junto às comunidades que serão atendidas.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.