Bahia terá o primeiro Centro Vocacional Tecnológico do Pescado

O Centro será voltado ao fortalecimento da pesca e aquicultura, por meio da extensão tecnológica e do desenvolvimento de tecnologias sociais

A Bahia ganha na próxima sexta-feira (15/01), o seu primeiro Centro Vocacional Tecnológico do Pescado. O espaço foi construído pela Bahia Pesca (empresa vinculada à Secretaria de Agricultura da Bahia) em Santo Amaro da Purificação (a 90 quilometros de Salvador), com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Governo da Bahia.

 

O Centro será voltado ao fortalecimento da pesca e aquicultura, por meio da extensão tecnológica e do desenvolvimento de tecnologias sociais, e da realização de atividades de educação profissional de base tecnológica.

 

“Os governos federal e estadual investiram quase oito milhões de reais no centro, que ocupa uma área de mais de três mil metros quadrados. O local conta com centro experimental de desenvolvimento de produtos do pescado, incubadora de empresas, restaurante-escola, laboratórios e dormitórios para até 100 estudantes e técnicos”, conta o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior.

 

Segundo Dernival, estudantes de todo o Brasil e até mesmo de outros países poderão se hospedar no CVTT e imergir na cadeia produtiva da pesca, ou realizar os cursos através de teleconferência. “Aqui serão formados não apenas novos pescadores, mas também empreendedores e técnicos que serão multiplicadores do conhecimento”, afirma Dernival.

 

Estrutura

O CVTT possui seis pavilhões, construído nos padrões de exigência para este tipo de obra: cobertura refratária para bloquear a passagem de calor para o ambiente interno, piso de alta resistência, paredes azulejadas, sistema de ar refrigerado em todos os ambientes, rede wifi e sala de vídeo conferência.

 

O Pavilhão de Unidade Laboratorial abriga a agroindústria de beneficiamento, o laboratório físico-químico, o laboratório de microbiologia, o laboratório de análise sensorial e incubadeiras. O Pavilhão de Formação Profissional abriga salas de aulas para 90 alunos, auditório com videoconferência para até 150 pescadores, sala para administração do centro e coordenação, salas de apoio técnico, biblioteca, recepção/foyer, infocentro e almoxarifados.

 

Cursos

Entre os cursos e eventos que serão realizados no Centro em 2016 destacam-se os de Capacitação de Artesãos para o Desenvolvimento de Acessórios de Luxo em Couro de Peixe, Habilitação em Condução de Embarcações de Pesca, Noções de Conservação dos Ecossistemas Marinhos e Povoamento dos Manguezais com Caranguejo Nativo, Consultoria na Área de Alimentos de Pescado e Educação Ambiental, Tecnologia de Pescado e Gestão, Desenvolvimento e Transferência de Tecnologia com Uso de Fibra de Vidro em Construção Naval, e Noções de Mecânica e Uso de Equipamentos de Navegação.

 

Deixe seu comentário