Soja
DATA: 21/12/2015

Apenas 32% das lavouras de soja de Mato Grosso estão em boas condições

O clima marcado por chuvas irregulares fez com que 68% das lavouras tenham registrado nota regular, ruim e péssima Darlene Santiago

O Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea) realizou o 1° Levantamento das Condições de Lavouras de Soja na safra 2015/2016 em Mato Grosso. A pesquisa colheu respostas de 384 produtores das sete macrorregiões do Estado, entre os dias 16 e 18 de dezembro.

 

De acordo com os resultados da pesquisa, a soja apresenta condição excelente em apenas 12% da área plantada, onde será possível registrar uma produtividade superior a 60 sacas por hectare. Outros 20% das lavouras são boas, 25% estão em estado regular, 23% são consideradas ruins e 20% estão péssimas.

 

Segundo dados do Imea, a explicação para que 68% das lavouras sejam consideradas regulares, ruins e péssimas são os baixos volumes de chuvas e as altas temperaturas registradas no Estado. “A produtividade das lavouras da nova safra de soja está em xeque”, afirma o Imea.

 

A produtividade deve cair

As regiões em situação mais delicada são a nordeste e o Médio Norte. Nessas regiões, 70% e 53% das lavouras, respectivamente, encontram-se em estado ruim e péssimo. Com esse cenário, a estimativa é que a produtividade nessas regiões fique abaixo de 50 sacas de soja por hectare. Confira a pesquisa completa clicando aqui.

 

As condições das lavouras de soja                         

12% – excelentes

20% – boas

25% – regulares

23% – ruins

20% – péssimas

 

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.