Anúncio de chuva alegra os produtores da região de Sorriso no Mato Grosso

Há uma expectativa a partir da segunda ou terceira semana de dezembro de regularização das chuvas no Estado

Cerca de 400 pessoas lotaram o auditório do Sindicato Rural de Sorriso para acompanhar o Fórum Soja Brasil – Safra 2015/2016, uma realização do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). O debate aconteceu na noite da segunda-feira (16/11) para tratar de temas que preocupam produtores de Mato Grosso e do País, como mercado e clima.

 

A notícia de que as chuvas devem se regularizar em Mato Grosso em meados de dezembro animou os produtores rurais, estudantes universitários e o público em geral que acompanhou o Fórum. O meteorologista Celso Oliveira foi o portador da boa nova, convidado para participar do painel El Niño: prognóstico do clima para a soja.

 

“O padrão ainda está complicado agora, mas na última semana de novembro começa uma chuva mais generalizada e há uma expectativa a partir da segunda ou terceira semana de dezembro de regularização das chuvas em Mato Grosso, que vai pelo menos até o final do verão”, diz o palestrante.

 

Em virtude do fenômeno El Niño, o meteorologista explicou que dois fatores estão prejudicando a regularidade das chuvas no país, neste ano: os ventos fortes estão represando as frentes frias no Sul, onde chove muito, mas somente lá, e a umidade da Amazônia, que está mais fraca que o normal. O centro norte de Mato Grosso encontra-se em uma área, com previsão para o próximo trimestre, de chuvas abaixo da média.

 

O outro painelista, o consultor econômico especialista em agronegócio Flávio França Júnior, ampliou a expectativa dos participantes quanto ao sucesso da próxima safra de soja. “Anos de El Niño, geralmente, trazem safras boas para a América do Sul. Além disso, temos um consumo crescendo a uma taxa média maior do que a de produção”, afirma.

 

 

 

Deixe seu comentário