defensivo
DATA: 10/11/2015

Andef cria de Cadastro Nacional de Profissionais de Treinamento

Norma do Ministério do Trabalho exige a capacitação de aplicadores de defensivos, mas é preciso atenção ao escolher os profissionais

A legislação brasileira exige que trabalhadores rurais que tenham exposição direta a defensivos agrícolas passem por um curso de capacitação que ensine as normas de rotulagem, regras de uso, limpeza e manutenção de vestimentas e equipamentos de proteção pessoal, entre outros temas relacionados à atividade. Esses cursos são oferecidos gratuitamente pelo Senar, mas também podem ser realizados por entidades sindicais, associações de produtores rurais, cooperativas ou associações de profissionais.

 

Preocupada com a qualidade da informação passada aos produtores, a Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef) está organizando um Cadastro Nacional de Profissionais de Treinamento em Agroquímicos. “O objetivo é oferecer atualização constante aos treinadores, através cursos sobre segurança do trabalhador e tecnologia de  aplicação de defensivos”, afirma Fábio Kagi, gerente de Educação e Treinamento da Andef.

 

A Normativa Reguladora 31 (NR31) exige que os formadores forneçam materiais escritos ou audiovisuais em linguagem adequada aos trabalhadores. A Andef pretende disponibilizar novos materiais didáticos aos profissionais, numa estratégia de alinhamento de grade curricular e de discurso dos profissionais. Para fazer o cadastro clique aqui.


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.