Algodão

Cotações do algodão registram queda de 2,2%

A oferta de algodão em pluma ainda superior à demanda interna e queda do dólar acentuaram a queda dos preços

A oferta de algodão em pluma ainda está superior à demanda interna, cenário o que tem acentuado a queda dos preços. Com a desvalorização do dólar nos últimos dias, tradings e comerciantes estão mais ativos nas vendas de pluma.

 

Representantes de indústrias, especialmente do Sul e Sudeste, se posicionam à espera de novas quedas dos preços e, com isso, adquirem apenas o necessário para o curto prazo. A maioria das negociações tem envolvido pequenos lotes, mas volumes expressivos foram efetivados principalmente por fiações do Nordeste.

 

Desde o início de março, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento 8 dias, referente à pluma 41-4, posta em São Paulo, recuou 2,2%, fechando a R$ 2,4697/lp nessa terça-feira, 8.

 

Deixe seu comentário

Leia mais