Lavoura de soja.

Alagoas aposta em maior produção de soja no Estado

Em 2015, foram produzidas 800 toneladas de soja em Alagoas, nos municípios de Porto Calvo, Campo Alegre, Junqueiro, Teotônio Vilela e São Miguel dos Campos

A Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentaram, na terça-feira (15/12), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de Alagoas (Faeal), os resultados dos experimentos realizados com a cultura da soja em Alagoas em 2015.

 

A apresentação foi feita pelo pesquisador da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Sérgio Procópio, a partir dos dados reunidos na unidade de pesquisa instalada uma área de 30 hectares no município de São Miguel dos Campos, de propriedade do empresário Edilson Maia.

 

No local, foram plantados 48 cultivares de soja. O pesquisador apontou as diferenças nos resultados com sementes resistentes a herbicidas e pragas, variações hídricas e debateu questões como a importância do nivelamento do solo para minimizar perdas na colheita. De acordo com o secretário de Estado da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, a expectativa do Governo é de que haja um crescimento exponencial do plantio de soja em Alagoas.

 

“Em 2015, tivemos 400 hectares plantados com soja em Alagoas e, pelo interesse demonstrado pelos empresários, esperamos passar dos dois mil hectares. Também devemos passar de uma unidade de pesquisa em 2015 para três em 2016, em Porto Calvo, Junqueiro e uma que ainda será definida”, diz Vasconcelos.

 

Em 2015, foram produzidas 800 toneladas de soja em Alagoas, nos municípios de Porto Calvo, Campo Alegre, Junqueiro, Teotônio Vilela e São Miguel dos Campos. Parte da produção chegou a ser vendida para a Rússia, por valores que alcançaram R$ 98 a saca. As pesquisas da Embrapa e da Seagri em 2016 devem ter início entre os meses de abril e maio. No próximo ano, a Embrapa planeja implementar, nos Estados da Bahia e Sergipe, um, Programa de Incentivo de Grãos semelhante ao que foi executado em Alagoas este ano.

 

Deixe seu comentário

Leia mais