Agronegócio em Mato Grosso chama a atenção de austríacos

O objetivo da visita foi estreitar o relacionamento da Áustria com o agronegócio brasileiro

Em busca de novas tecnologias, austríacos se interessam em conhecer dados do agronegócio de Mato Grosso. Na última semana o presidente da Federação Austríaca Simental Félix Sebastian Auerning e o veterinário especialista em genética Otmar Foger Strasse estiveram na Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) para obter mais informações a respeito do setor agropecuário.

 

Os austríacos foram recebidos pelo gestor do Núcleo Técnico da Famato Guto Zanata. Durante o encontro, Guto fez uma apresentação sobre as potencialidades de Mato Grosso e a produção agrícola. De acordo com Félix Sebastian, o principal objetivo da visita foi estreitar relacionamento com o setor do agronegócio no Brasil e, em especial, em Mato Grosso e esclarecer dúvidas sobre os incentivos do governo brasileiro. “Na Áustria não há incentivo do governo, não temos informações atualizadas, quando são divulgados os dados estão desatualizados. A população não tem conhecimento específico do que é produzido lá”, pontuou Félix.

 

Guto disse que em Mato Grosso a população tem conhecimento do que é produzido. O Instituto Mato-Grossense de Economia e Agropecuária (Imea) divulga diariamente boletins e relatórios com dados atualizados da produção de soja, milho, algodão, pecuária e outros. “Aqui a sociedade conhece e entende a importância do agronegócio para a economia”, disse Zanata.

 

O veterinário Otmar Foger Strasse falou do interesse em conhecer o potencial da região no mercado de carne e de leite e conhecer os avanços do melhoramento genético. Também participou do encontro o presidente do grupo 5 Estrelas, criador das raças gir leiteiro e girolando Getúlio Vilela.

Com informações da Famato.

Deixe seu comentário

Leia mais