DATA: 01/03/2016

Agricultores familiares vão divulgar produtos durante jogos do Rio 2016

Cinco principais praças públicas do Rio de Janeiro, com o nome “Brasil Saudável e Sustentável”, estarão disponíveis para a exposição

Os ministérios do Desenvolvimento Agrário e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome tomaram a iniciativa de mostrar um pouco do quanto produz nossos agricultores familiares. Para isso, foi criado quatro praças em pontos turísticos do Rio de Janeiro, chamadas “Brasil Saudável e Sustentável” durante os Jogos Olímpicos de 2016.

 

Para o agricultor participar, ele deve acessar o edital de chamada pública disponível no site do ministério e enviar a ficha cadastral até o dia 2 de março. Os interessados devem ter a Declaração de Aptidão ao Pronaf e estar de acordo com a Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. Quem trouxe outros detalhes aos ouvintes do programa Nossa Terra foi o diretor de Geração de Renda e Agregação de Valor do MDA, Marcelo Piccin.

 

Ele destacou que a agricultura familiar brasileira é muito rica e muito diversificada. Por este motivo, os agricultores terão a oportunidade de apresentá-la e comercializar produtos provenientes das agroindústrias, cooperativas e organizações durante os Jogos Olímpicos. Ele ressaltou a importância do momento para os agricultores.

 

“Nós temos uma boa produção, estamos organizados no Brasil inteiro e temos um bom produto. Então, muitos estrangeiros de vários países, quando conhecem nossos produtos, imediatamente apresentam a possibilidade de comercialização. Os Jogos Olímpicos são uma vitrine enorme e uma oportunidade de ouro para que a nossa agricultura familiar apresente nossos produtos e apareça na dimensão e importância que ela tem no nosso País”.

 

Marcelo Piccin falou sobre as cinco praças “Brasil Saudável e Sustentável” que estarão dispostas aos agricultores nas principais praças públicas do Rio de Janeiro. “São praças públicas da cidade, com grande fluxo de pessoas, que participarão dos Jogos Olímpicos. São praças que estarão estruturadas com capacidade de ter 10, 12 e até 15 organizações, cooperativas e agroindústrias. Os produtos estarão expostos e comercializados dos dias 5 a 14 de agosto”.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.