DATA: 14/11/2015

Agricultores de Tanguá conhecem nova técnica de produção de tomate

Beneficiários do Rio Rural participaram de atividade de campo para divulgação do Tomatec, tecnologia desenvolvida pela Embrapa Solos

Agricultores do município de Tanguá (RJ) participaram de dia de campo onde conheceram o “Tomatec”. O sistema de produção de tomates reduz de forma significativa o uso de agrotóxicos, em comparação com o cultivo convencional. Desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Solos), o Tomatec utiliza tecnologias como manejo integrado de pragas, fertirrigação por gotejamento, ensacamento de frutos e uso de fitilhos na lavoura.

 

A principal inovação deste tipo de cultivo é a combinação de diversas práticas para a melhoria da produção. Entre elas, o ensacamento dos frutos funciona como uma barreira contra os defensivos agrícolas, enquanto a fertirrigação concilia a irrigação e a adubação do solo em um mesmo processo. O uso de fitilhos plásticos – que substitui o bambu – e o manejo integrado de pragas evitam a propagação de doenças na plantação.

 

Produtora de citros orgânico, Mônica da Silva Bicudo pretende diversificar sua lavoura com o tomate. Ela ficou interessada em utilizar as tecnologias apresentadas em um sistema orgânico de cultivo. Para o olericultor, Alcidiney Rosa Soares, o Tomatec pode estimular mudanças, ao reduzir o uso de aditivos químicos.

 

“Ainda não planto tomates, mas pode ser uma boa opção, porque rende um pouco mais. Conhecer a técnica foi bom, já que trabalhar com agrotóxicos é complicado e perigoso”, conta. Maria Rosélia da Silva, supervisora substituta, técnica em agropecuária da Emater-Rio e executora do Programa Rio Rural, destaca que o evento foi alinhado com a questão do desenvolvimento rural sustentável. “Foram quatro palestras muito interessantes e os produtores gostaram bastante. É importante que conheçam novas práticas”, diz.

 

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais