Ordenha mecânica de vaca leiteira. Produção de leite.
DATA: 01/02/2016

Agri Brasil vai investir na produção de leite no Oeste da Bahia

A projeção é de produzir um milhão de litros de leite por dia, e promover a geração de cerca de sete mil empregos

O diretor da Agri Brasil, Ben Lichtenberg, apresentou o projeto do empreendimento lácteo previsto para ser construído em Jaborandi, no Oeste da Bahia. Ele contou que serão trazidas inicialmente 50 mil matrizes de raça holandesa, dos Estados Unidos (EUA), com produtividade que alcança 35 litros por dia por vaca ordenhada, e a matéria-prima para a alimentação dos animais, composta por soja, milho e alfafa, será cultivada na própria fazenda. De acordo com o diretor da Agri Brasil, “após liberação da licença de implementação, a meta é começar a construir o empreendimento depois da época de chuvas, ainda neste ano, com previsão de conclusão da obra em dois anos”.

 

O diretor Ben Lichtenberg pediu o apoio da Secretaria da Agricultura para a construção do empreendimento. Para o secretário da Agricultura, Vitor Bonfim, um empreendimento desse porte pode revolucionar a vida da população e a produtividade da cadeia leiteira da Bahia. “Jaborandi, município que possui menos de dez mil habitantes, tem grande potencial de crescimento, com condições climáticas favoráveis e disponibilidade de água”, afirma o secretário Vitor Bonfim.

 

O projeto

O projeto prevê a implantação de duas grandes estruturas. A primeira delas contará com unidade de negócios, que abarcará duas fazendas de produção de leite e uma fábrica de processamento, destinada à produção de queijo e leite em pó. A segunda acomodará outra fazenda com 10.000 hectares irrigados e 42 mil vacas ordenhadas.

 

A projeção é produzir um milhão de litros de leite por dia retirados de 200 mil vacas de alta produtividade, e promover a geração de cerca de sete mil empregos entre diretos e indiretos. Parte da produção vai ser exportada para a China, mas também será vendida no mercado interno.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais